Lei do visto de oito meses na Irlanda


Quando decidi fazer o intercâmbio na Irlanda, uma coisa que me atraiu muito foi o visto de 1 ano.

Sempre quis morar fora e um ano me pareceu um tempo bom e durável, além de que haveria a possibilidade de renovação. O plano era estudar os 6 meses, trabalhar por uns 4 meses em full time e passar o resto do tempo viajando.

Até que algum tempo atrás, houve uma alteração na lei dos vistos (para não europeus) e, o que eram 6 meses de estudo + 6 meses de férias, se tornou 6 meses de estudo + 2 meses de férias.

Claro, isso me deu a maior brecada no meu objetivo, mas depois de ponderar bastante, achei que valia a pena, mesmo sendo apenas 8 meses. Mas isso é uma opinião minha, sei que para algumas pessoas desistiram do intercâmbio e buscaram um novo destino.

Minha agente de viagens explicou que isso é para estimular o estudo, porque, caso você queira ficar mais tempo, é só renovar o curso. O que acontece, é que com essa facilidade do intercâmbio, muitos migraram apenas para trabalhar.

E o que não mudou?


Os intercambistas ainda tem permissão para trabalhar legalmente na Irlanda. Nos 6 meses de estudos é permitido trabalhar até 20 horas semanais, sendo o salário mínimo em  8,65/hora e assim o estudante poderá se manter tranquilamente no pais. 

Já no período de férias, é permitido trabalhar 40 horas semanais, sendo nos períodos de 15 de Dezembro a 15 de Janeiro e de Maio a Agosto.


O visto poderá ser renovado após os 8 meses, desde que o estudante esteja matriculado em um curso e continue tendo em sua conta o valor mínimo de 3.000 euros, atualmente, o valor do visto e renovação é 300 euros.


0 comentários:

Postar um comentário