Separando o profissional? Johnny Depp em Animais Fantásticos

Foi revelado ontem, que Johnny Depp interpretará o Grindewald nos fimes de Animais Fantásticos. Este Johnny Depp que, atualmente, está envolvido em uma polêmica sobre Violência doméstica.

Eu não sei o que aconteceu. Não sei se é culpado ou inocente.

Gostei da decisão? Não. Não acho que é o momento para colocar esse tipo de “mácula” numa franquia como Harry Potter, que, acima de tudo, prega o amor.

Mas a questão que tem me incomodado mais nem é essa na verdade.

O que mais me revolta são pessoas dizendo “Mas temos que separar o pessoal do profissional”, pessoas estas que já dão por certo que ele é um agressor, mas continuam pregando que “Você tem que entender que mesmo que ele tenha feito tudo isso, não tem nada a ver com o trabalho dele.”

Gente, se, veja bem, SE, ele de fato é um agressor, como se separa o pessoal do profissional?

Eu não gostaria de trabalhar com alguém que agride a esposa, ou vice e versa, com uma mulher que bate no marido. Acho que é uma falha de caráter muito grande. É um crime aliás. E o que me garante que alguém com tendências violentas não faça disso um hábito? Dá uma sensação de impunidade, algo como não importa o que a pessoa faça, isso não se misturará com qualquer outro aspecto da sua vida.

É só isso mesmo.

0 comentários:

Postar um comentário