-Ah, não, eu não tenho defeitos...


Será que algum entrevistador no mundo acredita que uma pessoa está sendo sincera quando sincera quando diz que seu maior defeito é ser “perfeccionista”? E “persistente”?

Isso é tão batido e clichê que eu nuca teria coragem de dizer.

Uma pérola dos defeitos que ouvi em minha última entrevista foi: “Eu tenho espírito de líder!”

Por que a pessoa não fala de uma vez que é mandona??

Acho tão previsível essas qualidades “estrategicamente” mencionadas como defeito. Duvido que ninguém tenha um defeito pior do que “persistência”, isso aliás nem é defeito!

Teimosia é, persistência não.

Não quero dizer por aí se esculachando, mas vamos fugir do obviamente falso! Não faço os defeitos que me atrapalhariam em um trabalho, opto por coisas mais pessoais, que não influenciam o profissional, tipo dizer que sou um pouco ciumenta, ou um pouco introspectiva, mas claro, busco sempre controlar isso.

Meus defeitos? Ah, eu tenho um monte! Sou preguiçosa, crítica, inconstante, mudo de ideia fácil, intolerante com lerdice, não gosto de criança e de gente sujinha, sou distraída, e minha TPM? Tem mês que eu tenho umas 3 no mínimo! E por aí vai... Eu também sou perfeccionista, mas tem que ser muito cara de pau para falar isso depois dessa lista.